top of page

[LINGUÍSTICA E SEMIÓTICA] Variedade linguística

O Brasil é uma terra de diversidade, não apenas geográfica e cultural, mas também linguística. A variedade linguística no país é uma preciosidade que reflete a riqueza de sua história, as influências culturais e a vastidão de suas regiões. Neste artigo, mergulharemos nas nuances da variedade linguística brasileira, explorando sua definição, características distintivas e alguns exemplos notáveis que dão vida a essa rica tapeçaria linguística.


Definição da Variedade Linguística no Brasil

A variedade linguística, muitas vezes chamada de "variação linguística" ou "diversidade linguística", refere-se à multiplicidade de formas como a língua é falada e compreendida em diferentes regiões e comunidades. No Brasil, essa diversidade é marcante, com sotaques, gírias, expressões e até mesmo gramáticas regionais que dão origem a uma rica tapeçaria linguística.


Características Distintivas da Variedade Linguística Brasileira

Sotaques Regionais: Cada região do Brasil possui um sotaque característico, moldado por influências históricas, culturais e geográficas. Do sotaque cantado do Nordeste ao sotaque mais neutro do Centro-Oeste, a diversidade fonética é notável.


Gírias e Regionalismos: As gírias são como pequenas jóias linguísticas que brilham de maneira única em cada parte do país. Expressões como "bagulho" (coisa) em São Paulo, "parada" (situação) no Rio de Janeiro e "tchê" (expressão gaúcha) no Sul, ilustram a riqueza vocabular brasileira.


Influências Culturais e Étnicas: A contribuição de diferentes grupos étnicos e culturas ao longo da história do Brasil também se reflete na linguagem. Termos de origem indígena, africanos e europeus coexistem, criando uma colcha de retalhos linguística única.


Exemplos Notáveis de Variedade Linguística

Sotaque Nordestino: Marcado por uma entonação melódica e algumas características próprias, como a transformação do "r" em "h", o sotaque nordestino é emblemático. Expressões como "oxente" e "bicho", comuns na região, exemplificam essa variedade.


Sotaque Carioca: No Rio de Janeiro, o sotaque muitas vezes é caracterizado por uma pronúncia mais aberta e ritmada. Gírias como "mó" (maior) e "beleza" (tudo bem) são emblemáticas do linguajar carioca.


Influências Indígenas: Termos como "caju", "tapioca" e "iara" têm origens indígenas e são parte integrante da língua portuguesa brasileira, demonstrando a riqueza das influências culturais.


A língua portuguesa é uma língua viva, que se adapta às diferentes necessidades e contextos de comunicação. Essa adaptação se reflete na existência de diferentes variações linguísticas, como a linguagem formal, informal e as gírias ou jargão.


Linguagem formal

A linguagem formal é aquela utilizada em situações de maior formalidade, como em ambientes profissionais, acadêmicos ou em eventos sociais importantes. Ela é caracterizada pelo uso de um vocabulário mais culto e de uma gramática mais correta.


Características da linguagem formal:

  • Vocabulário culto: uso de palavras e expressões mais sofisticadas, como "aprazível" (em vez de "legal") ou "aquiescer" (em vez de "concordar").

  • Gramática correta: uso correto das regras gramaticais, como concordância, regência e colocação pronominal.

  • Estrutura sintática mais complexa: uso de frases mais elaboradas, com maior número de elementos.

  • Tom mais neutro: uso de um tom de voz mais formal e imparcial.

"Agradeço a sua presença neste evento."
"Apresento-me como João Silva, estudante de Letras."
"O relatório deve ser entregue até a próxima semana."

Linguagem informal

A linguagem informal é aquela utilizada em situações de menor formalidade, como em conversas com amigos ou familiares, em ambientes de lazer ou em redes sociais. Ela é caracterizada pelo uso de um vocabulário mais coloquial e de uma gramática mais relaxada.


Características da linguagem informal:

  • Vocabulário coloquial: uso de palavras e expressões mais comuns, como "legal" (em vez de "aprazível") ou "concordar" (em vez de "aquiescer").

  • Gramática relaxada: uso menos rigoroso das regras gramaticais, como concordância, regência e colocação pronominal.

  • Estrutura sintática mais simples: uso de frases mais curtas e diretas.

  • Tom mais pessoal: uso de um tom de voz mais informal e pessoal.

"Valeu por ter vindo."
"Eu sou o João, da turma de Letras."
"O trabalho tem que ser entregue até segunda."

Gírias ou jargão

As gírias ou jargão são palavras ou expressões que são utilizadas por um determinado grupo social ou profissional, com o objetivo de se diferenciarem dos demais. Elas podem ser consideradas uma forma de linguagem informal, mas geralmente são mais coloquiais e expressivas do que o vocabulário comum.


Características das gírias ou jargão:

  • Vocabulário exclusivo: uso de palavras ou expressões que são conhecidas apenas por um determinado grupo social ou profissional.

  • Significado particular: as gírias ou jargão podem ter um significado diferente do significado literal das palavras que as compõem.

  • Uso restrito: as gírias ou jargão são geralmente utilizadas em contextos específicos, como em rodas de amigos ou em ambiente de trabalho.

"Maneiro" (legal): gíria utilizada por jovens em geral.
"Bora" (vamos): gíria utilizada por jovens e adultos.
"Tá ligado" (entendeu): gíria utilizada por jovens e adultos.
"Aqui é nóis" (aqui somos nós): gíria utilizada por jovens e adultos.
"De boa" (tudo bem): gíria utilizada por jovens e adultos.
"Tá de boa" (está tudo bem): gíria utilizada por jovens e adultos.
"Show" (muito bom): gíria utilizada por jovens e adultos.

É importante ressaltar que não existe uma linguagem certa ou errada. A escolha da linguagem mais adequada depende do contexto de comunicação.


A variedade linguística no Brasil é um tesouro cultural que merece ser celebrado. Essas nuances enriquecem não apenas a língua, mas também a forma como nos conectamos e compreendemos uns aos outros.


Ao apreciar e respeitar essa diversidade, contribuímos para a preservação de uma parte fundamental da identidade brasileira. Portanto, da próxima vez que se deparar com uma expressão ou sotaque peculiar, lembre-se de que está testemunhando a viva expressão da riqueza linguística do Brasil.

34 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page