top of page

[LINGUÍSTICA E SEMIÓTICA] Figuras de linguagem

Seja na sutil dança das palavras em um poema ou na eloquência de um discurso, as figuras de linguagem são os pincéis que transformam a comunicação em uma verdadeira obra de arte. Este blog é uma porta de entrada para o fascinante mundo das figuras de linguagem, onde exploraremos os quatro grandes grupos: as figuras de pensamento, de sintaxe, de palavras e de harmonia. Vamos mergulhar nesse oceano de expressividade e descobrir como essas ferramentas literárias elevam a linguagem a novas alturas.


O Que São Figuras de Linguagem?

As figuras de linguagem são recursos utilizados para ir além do sentido literal das palavras, conferindo-lhes nuances, imagens e emoções. Elas transformam a comunicação em uma experiência rica e cativante, transcendendo as fronteiras do discurso comum.


As figuras de linguagem podem ser divididas em quatro categorias principais:

  • Figuras de pensamento: São figuras que se baseiam na organização do pensamento.

  • Figuras de sintaxe: São figuras que se baseiam na organização da frase.

  • Figuras de palavras: São figuras que se baseiam no uso criativo das palavras.

  • Figuras de harmonia: São figuras que se baseiam na sonoridade das palavras.

Figuras de pensamento

As figuras de pensamento são aquelas que alteram a ordem natural do pensamento para criar efeitos de sentido. Algumas das figuras de pensamento mais comuns são:

  • Antítese: Contraste entre duas ideias ou palavras.

  • Anáfora: Repetição de uma palavra ou expressão no início de várias frases ou versos.

  • Apóstrofe: Invocação de uma pessoa ou coisa ausente.

  • Hipérbole: Exagero de uma ideia ou sentimento.

  • Ironia: Expressão de uma ideia contrária à que se quer dizer.

  • Metáfora: Comparação implícita entre dois elementos.

  • Símile: Comparação explícita entre dois elementos, utilizando o conectivo "como", "tal como" ou "semelhante a".

  • Perífrase: Expressão que designa indiretamente uma coisa, substituindo o seu nome próprio por uma descrição.

  • Sinestesia: Associação de sensações de diferentes sentidos.

Figuras de sintaxe

As figuras de sintaxe são aquelas que alteram a ordem natural da frase para criar efeitos de sentido. Algumas das figuras de sintaxe mais comuns são:

  • Elipse: Ausência de uma palavra ou expressão que se presume subentendida.

  • Anácoluto: Mudança de ordem sintática no meio da frase.

  • Hipérbato: Inversão da ordem sintática normal da frase.

  • Pleonasmo: Repetição de uma ideia com outras palavras.

  • Tautologia: Repetição de uma ideia com as mesmas palavras.

Figuras de palavras

As figuras de palavras são aquelas que alteram o sentido literal das palavras para criar efeitos de sentido. Algumas das figuras de palavras mais comuns são:

  • Metáfora: Comparação implícita entre dois elementos.

  • Símile: Comparação explícita entre dois elementos, utilizando o conectivo "como", "tal como" ou "semelhante a".

  • Metonímia: Substituição de um termo por outro com o qual ele tem uma relação de contiguidade.

  • Perífrase: Expressão que designa indiretamente uma coisa, substituindo o seu nome próprio por uma descrição.

  • Sinestesia: Associação de sensações de diferentes sentidos.

  • Onomatopéia: Imitação de um som por meio de uma palavra.

  • Antítese: Contraste entre duas ideias ou palavras.

Figuras de harmonia

As figuras de harmonia são aquelas que se baseiam na sonoridade das palavras para criar efeitos de sentido. Algumas das figuras de harmonia mais comuns são:

  • Aliteração: Repetição de um mesmo som consonantal.

  • Assonância: Repetição de um mesmo som vocálico.

  • Anáfora: Repetição de uma palavra ou expressão no início de várias frases ou versos.

  • Epanadiplose: Repetição de uma palavra ou expressão no início e no fim de uma frase ou verso.

  • Polissíndeto: Repetição de uma conjunção coordenativa.

Importância das figuras de linguagem

As figuras de linguagem são importantes para a comunicação, pois tornam a linguagem mais expressiva e criativa. Elas podem ser usadas para:

  • Criar imagens mentais: As figuras de linguagem ajudam a criar imagens mentais no leitor ou ouvinte, fazendo com que ele visualize o que está sendo descrito.

  • Transmitir emoções: As figuras de linguagem podem ser usadas para transmitir emoções, como alegria, tristeza, raiva ou medo.

  • Criar suspense ou humor: As figuras de linguagem podem ser usadas para criar suspense ou humor, tornando o texto mais interessante e envolvente.

As figuras de linguagem são um recurso importante da linguagem que pode ser usado para tornar a comunicação mais expressiva e criativa

13 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Commentaires


bottom of page