top of page

Classes Gramaticais - Verbos #3

Atualizado: 13 de ago. de 2023

Nesta aula, vamos mergulhar em um dos tópicos fundamentais da gramática: as formas nominais do verbo. Entender essas formas é essencial para dominar a flexão verbal e aperfeiçoar a comunicação escrita e falada. Ao final desta aula detalhada, você estará preparado(a) para identificar e utilizar corretamente o infinitivo, o gerúndio e o particípio. Vamos começar!


I. O que são formas nominais do verbo?

As formas nominais do verbo são variantes que desempenham funções semelhantes às de outras classes gramaticais, como substantivos, adjetivos e advérbios. São chamadas "nominais" porque, ao serem empregadas, atuam como nomes, permitindo que o verbo seja usado como substantivo, adjetivo ou advérbio em uma frase.


As formas nominais são três:

  1. Infinitivo: É a forma base do verbo e, em português, sempre termina em "-ar," "-er" ou "-ir". O infinitivo não é flexionado em pessoa nem número e é frequentemente acompanhado pelas partículas "a" ou "para". Exemplos: amar, correr, partir.

  2. Gerúndio: Indica uma ação em progresso, sendo formado pelo radical do verbo acrescido do sufixo "-ando" (para verbos terminados em "-ar") ou "-endo" (para verbos terminados em "-er" e "-ir"). Exemplos: amando, correndo, partindo.

  3. Particípio: Indica uma ação concluída e pode ser utilizado em tempos compostos ou como adjetivo. É formado pelo radical do verbo seguido do sufixo "-ado" (para verbos terminados em "-ar") ou "-ido" (para verbos terminados em "-er" e "-ir"). Exemplos: amado, corrido, partido.

II. Utilização das formas nominais:

A) Infinitivo:

  • Infinitivo Pessoal: Usado em locuções verbais para expressar ações ainda não concluídas. "Devo estudar mais."

  • Infinitivo Impessoal: Utilizado em construções impessoais e em imperativos. "É necessário estudar."

  • Infinitivo Substantivado: Age como um substantivo na frase. "O estudar é importante."

    1. Amar é um sentimento nobre.

    2. Estudar é fundamental para o aprendizado.

    3. Correr faz bem à saúde.

    4. Partir nunca é fácil.

    5. Comer uma dieta equilibrada é importante para a saúde.

B) Gerúndio:

  • Indicação de Ação Contínua. "Estou estudando para a prova."

  • Indicação de Simultaneidade. "Lendo o livro, aprendi muito."

    1. Estou amando essa nova música.

    2. Estou estudando para a prova de matemática.

    3. Estamos correndo todos os dias para melhorar nosso condicionamento físico.

    4. Aprendi muito lendo esse livro.

    5. Ela está partindo agora para sua viagem.

C) Particípio:

  • Formação de Tempos Compostos: "Tenho estudado bastante."

  • Uso como Adjetivo: "O aluno interessado obteve boas notas."

    1. Tenho amado intensamente.

    2. Tenho estudado com dedicação.

    3. Os corredores cansados terminaram a maratona.

    4. O voo foi cancelado devido ao mau tempo.

III. Dicas e Observações:

  • Evite o "gerundismo": O uso excessivo do gerúndio pode tornar a comunicação prolixa e pouco elegante. Opte por formas verbais mais adequadas quando possível.

  • Cuidado com particípios irregulares: Alguns verbos possuem particípios irregulares, como "feito" (do verbo "fazer") e "dito" (do verbo "dizer"). É importante memorizá-los para utilizá-los corretamente.

  • Estude a regência verbal: As formas nominais do verbo podem influenciar a regência de certos verbos, exigindo a preposição adequada em algumas construções.

Dominar as formas nominais do verbo é essencial para a compreensão e utilização correta da língua portuguesa. Compreender o infinitivo, o gerúndio e o particípio permitirá que você crie frases mais precisas e ricas em significado, evitando vícios de linguagem e erros comuns.


A prática constante é fundamental para consolidar esse conhecimento. Espero que esta aula detalhada tenha sido útil e que você esteja preparado(a) para aplicar esses conceitos em sua escrita e comunicação. Até a próxima!


PRATIQUE!

Questão 1. Reescreva as orações a seguir, completando-as com uma das formas nominais dos verbos entre parênteses:


A) Beatriz vive _____ que me admira bastante. (dizer)

B) Se você tivesse _______ a pesquisa, não teríamos obtido nota baixa. (fazer)

C) Irei _____ o possível para comparecer à reunião. (fazer)

D) Está tudo ______, foram eles mesmos os culpados pela depredação do prédio. (comprovar)

E) Está ______ o grande dia em que conheceremos o novo presidente da empresa. (chegar)

F) Está tudo ______, iremos mesmo ao cinema no domingo. (combinar)

G) Não havia mais o que fazer, pois a confiança estava ______. (perder)

H) _____ lá, avise-me, pois ficarei ansiosa por notícias. (chegar)


Questão 2. (Eng. Química Lorena) “Depois de ter passado o dia inteiro gastando sola”. A forma simples do verbo destacado é:

A) passado

B) tido

C) passar

D) tido passado


Questão 3. (TJ - SP) O particípio verbal está corretamente empregado em:

A) Não estaríamos salvados sem a ajuda dos barcos.

B) Os garis tinham chego às ruas às dezessete horas.

C) O criminoso foi pego na noite seguinte à do crime.

D) O rapaz já tinha abrido as portas quando chegamos.

E) A faxineira tinha refazido a limpeza da casa toda.


Questão 4. O gerúndio, uma das formas nominais do verbo, está sendo utilizado de maneira adequada em todas as alternativas, exceto:

A) A vida vai passando enquanto estamos ocupados fazendo planos.

B) Eles estavam sorrindo, brincando e aproveitando o passeio no parque.

C) Eu vou estar entrando em contato para estar resolvendo o problema.

D) Ando procurando soluções para meus problemas.


Questão 5. Assinale a sequência que indica a forma nominal dos verbos em destaque:


I. Fumar é prejudicial para a saúde.


II. Se tu não falares agora, vou-me embora.


III. Mário tem estudado bastante para o concurso.


IV. As crianças estão brincando no parquinho.


V. A carta foi escrita há vinte anos.


A) Infinitivo impessoal, Infinitivo pessoal, Particípio regular, Gerúndio e Particípio irregular.

B) Particípio irregular, Infinitivo pessoal, Particípio regular, Gerúndio, Infinitivo impessoal.

C) Gerúndio, Infinitivo pessoal, Infinitivo impessoal, Particípio irregular, Particípio regular.

D) Infinitivo pessoal, Infinitivo impessoal, Particípio irregular, Gerúndio e Particípio regular.


Questão 6. Sobre as formas nominais do verbo, estão corretas as seguintes proposições:


I. A principal característica do gerúndio é conferir ao verbo uma ideia de continuidade, ou seja, de uma ação que ainda está em andamento e que, por isso, não foi finalizada.


II. Assim como o gerundismo, considerado um vício de linguagem, o gerúndio também deve ser evitado.


III. O infinitivo pessoal é construído sem sujeito porque não faz referência a uma pessoa gramatical. Dizemos que essa é a “forma pura” do verbo, tal qual são encontrados nos verbetes de dicionários.


IV. O infinitivo impessoal é uma peculiaridade linguística e é conhecido também como idiotismo. Sua terminação é idêntica à terminação do futuro do subjuntivo, sendo empregado principalmente nas orações reduzidas de infinitivo.


V. Os verbos no particípio irregular serão empregados na voz passiva ao lado dos verbos auxiliares ser e estar.


VI. Os verbos no particípio regular serão empregados na voz ativa ao lado dos verbos auxiliares ter e haver.


A) II, III e IV.

B) I, IV e VI.

C) V e VI.

D) I, V e VI.

E) I e III.


37 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
bottom of page