Oração e Período

Embora muitas pessoas usem os termos frase, oração e período como sinônimos, eles apresentam conceitos distintos: I) Frase: enunciado linguístico que possui um sentido completo. II) Oração: enunciado que contém um verbo ou locução verbal e que pode não apresentar um sentido completo. III) Período: enunciado que contém uma ou mais orações de sentido completo.

A) Oração: A oração é uma unidade sintática. Trata-se de um enunciado linguístico cuja estrutura caracteriza-se, obrigatoriamente, pela presença de um verbo. Na verdade, a oração é caracterizada, sintaticamente, pela presença de um predicado, o qual é introduzido na língua portuguesa pela presença de um verbo. Geralmente, a oração apresenta um sujeito, termos essenciais, integrantes ou acessórios. Observe alguns exemplos de orações: – Corra! – Esses doces parecem muito gostosos. – Chove muito no inverno.

B) Período: O período é uma unidade sintática. Trata-se de um enunciado construído por uma ou mais orações e possui sentido completo. Na fala, o início e o final do período são marcados pela entonação e, na escrita, são marcados pela letra maiúscula inicial e a pontuação específica que delimita sua extensão. Os períodos podem ser simples ou compostos. Vejamos cada um deles:

I) Período simples: Os períodos simples são aqueles constituídos por uma oração, ou seja, um enunciado com apenas um verbo e sentido completo. Exemplo: Os dias de verão são muito longos! (verbo ser) II) Período composto: Os períodos compostos são aqueles constituídos por mais de uma oração, ou seja, dois ou mais verbos. Exemplo: Mariana me ligou para dizer que não virá mais tarde. (Período composto por três orações: verbos ligar, dizer e vir.)

7 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo