top of page

[GÊNEROS TEXTUAIS] Conto

Atualizado: 20 de dez. de 2023

O mundo dos contos é um reino encantado, onde narrativas breves têm o poder de nos transportar para universos extraordinários ou nos confrontar com os mistérios mais profundos da condição humana. Neste artigo, embarcaremos em uma jornada pela origem do conto e exploraremos diferentes tipos, desde os enigmáticos aos psicológicos, com exemplos marcantes da rica tradição literária brasileira.


A Origem do Conto: Uma Viagem pelo Tempo e Espaço

O conto, como forma de expressão, remonta às tradições orais das civilizações antigas, onde narrativas curtas eram transmitidas de geração em geração. Ao longo dos séculos, essa tradição evoluiu e se transformou, encontrando seu lugar nos corações dos leitores através de obras literárias.


Tipos de Contos: Uma Jornada pelos Gêneros Literários

Existem diversos tipos de contos, que podem ser classificados de acordo com diferentes critérios. Um dos critérios mais comuns de classificação é o tema. De acordo com o tema, os contos podem ser classificados em:

  • Enigmático: são contos que apresentam um mistério ou enigma que precisa ser desvendado. Alguns exemplos de contos enigmáticos são "O Homem da Máscara de Ferro" e "O Caso dos Três Relógios".

  • Exemplar: são contos que têm uma moral ou ensinamento a transmitir. Alguns exemplos de contos exemplares são "A Cigarra e a Formiga" e "O Macaco e o Leão".

  • Fantástico: são contos que apresentam elementos que não são possíveis na realidade, como magia, seres sobrenaturais ou viagens no tempo. Alguns exemplos de contos fantásticos são "O Castelo Animado" e "O Senhor dos Anéis".

  • Infantil: são contos voltados para crianças, com linguagem simples e elementos que fazem parte do mundo infantil. Alguns exemplos de contos infantis são "O Sítio do Picapau Amarelo" e "As Aventuras de Tintim".

  • Popular ou maravilhoso: são contos que são transmitidos oralmente de geração em geração, geralmente com elementos mágicos e sobrenaturais. Alguns exemplos de contos populares são "A Bela Adormecida" e "O Saci Pererê".

  • Religioso: são contos que têm como tema a religião ou a fé. Alguns exemplos de contos religiosos são "O Milagre de Lourdes" e "A Paixão de Cristo".

  • Facecioso: são contos que têm como objetivo provocar o riso ou a diversão. Alguns exemplos de contos faceciosos são "O Primo Basílio" e "A Cartomante".

  • Psicológico: são contos que exploram os aspectos psicológicos dos personagens. Alguns exemplos de contos psicológicos são "Feliz Aniversário" e "A Paixão Segundo G.H.".

O Encanto dos Contos na Literatura Brasileira:

  1. "Dom Casmurro" de Machado de Assis: Uma obra-prima da literatura brasileira, este conto enigmático e psicológico desafia as percepções do leitor sobre realidade e ilusão.

  2. "A Bela e a Fera" de Monteiro Lobato: Em uma versão brasileira do conto popular, Lobato cativa leitores jovens com uma história que transcende a superfície da fantasia.

  3. "O Homem que Sabia Javanês" de Lima Barreto: Este conto exemplar de Lima Barreto explora questões sociais e culturais, oferecendo uma reflexão profunda sobre a sociedade da época.

  4. "Macunaíma" de Mário de Andrade: Uma obra-prima do conto popular ou maravilhoso, "Macunaíma" mergulha nas raízes folclóricas do Brasil de maneira única e inovadora.

Cada tipo de conto, com suas características distintas, contribui para a diversidade e riqueza da literatura brasileira. Ao explorar essas narrativas, somos convidados a viajar por mundos imaginários, enfrentar nossos medos mais profundos e, acima de tudo, refletir sobre a condição humana. Os contos continuam a ser uma fonte inesgotável de encanto, oferecendo-nos a oportunidade de nos perdermos em suas páginas e descobrir a magia que reside entre as linhas.

5 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
bottom of page