top of page

[GÊNERO TEXTUAL] Tipos de Poema

Bem-vindo a um universo onde as palavras dançam ao ritmo da emoção, e a expressão se tece em formas poéticas diversas. Neste blog, convidamos você a explorar o fascinante mundo dos tipos de poema, cada qual uma peça única e emotiva no grande quebra-cabeça da poesia. Prepare-se para uma jornada através de métricas, rimas e estilos, onde cada tipo de poema conta uma história única e envolvente.


O Encanto da Diversidade Poética

A poesia, essa arte delicada e penetrante, se manifesta em uma rica tapeçaria de formas. Cada tipo de poema é uma expressão única, capaz de evocar diferentes emoções, imagens e ritmos. Ao explorarmos essas variadas formas, mergulharemos em um oceano de criatividade literária.


Os poemas podem ser classificados de acordo com a sua forma, ou seja, de acordo com a estrutura dos versos e estrofes.


Os principais tipos de poemas por forma são:

  • Soneto: poema de 14 versos, divididos em duas quadras e dois tercetos.

  • Ode: poema lírico, de tom elevado e solenemente encomiástico ou laudatório.

  • Canção: poema lírico, de tom suave e amoroso.

  • Romance: poema narrativo, de extensão variável.

  • Epístola: poema em forma de carta.

  • Rondó: Possui treze versos organizados em três estrofes, sendo duas de quatro versos e uma de cinco.

  • Tragédia: poema narrativo, de tom elevado e trágico.

  • Comédia: poema narrativo, de tom elevado e cômico.

  • Poema concreto: apresenta uma estrutura que ilustra o tema central do texto, como um poema de amor em forma de coração.

  • Livre: não há preocupação em ter uma forma fixa, fazer rima ou produzir certa quantidade de versos. Esse é o tipo mais comum na atualidade.

  • Trova, quadra ou quadrinha: tem uma estrofe de quatro versos.

Classificação por conteúdo

Os poemas podem ser classificados de acordo com o seu conteúdo, ou seja, de acordo com o tema que abordam.

Os principais tipos de poemas por conteúdo são:

  • Poema lírico: poema que expressa os sentimentos e emoções do eu lírico.

  • Poema narrativo: poema que conta uma história.

  • Poema dramático: poema que apresenta uma situação conflituosa entre personagens.

  • Poema religioso: exalta fatos e símbolos bíblicos.

  • Poema Libertário/escravagista: expressa desejo de liberdade da escravidão.

  • Poema amoroso: revela a paixão e o amor entre homem e mulher.

  • Poema locus amoenus: encena a natureza amena, equilibrada e perfeita para o namoro.

  • Poema indianista: enaltece o índio, seus costumes e tradições.

  • Poema patriótico: evoca o amor pelo país e enaltece as tradições da terra atual.

  • Poema de exílio: expressa a saudade da terra da qual o poeta está longe por perseguição ou iniciativa

  • Poema Idílio: retrata o amor do pastor de rebanho para com sua amada em meio à natureza, de modo descritivo ou narrativo.

Classificação por estilo

Os poemas podem ser classificados de acordo com o seu estilo, ou seja, de acordo com a linguagem e as técnicas utilizadas pelo autor.

Os principais tipos de poemas por estilo são:

  • Poema clássico: poema que segue as regras tradicionais da poesia, como a métrica, a rima e a linguagem formal.

  • Poema romântico: poema que expressa os sentimentos e emoções do eu lírico, com linguagem subjetiva e imagens poéticas.

  • Poema realista: poema que retrata a realidade de forma objetiva e sem idealizações.

  • Poema simbolista: poema que utiliza imagens e símbolos para expressar os sentimentos e emoções do eu lírico.

  • Poema modernista: poema que rompe com as regras tradicionais da poesia, utilizando linguagem coloquial, versos livres e outras inovações.

Exemplos conhecidos de poemas no Brasil

A poesia brasileira é rica e diversificada, contando com obras de grandes poetas como Gonçalves Dias, Castro Alves, Olavo Bilac, Carlos Drummond de Andrade, Vinicius de Moraes e muitos outros.


Alguns exemplos conhecidos de poemas no Brasil são:

  • "Canção do Exílio", de Gonçalves Dias

  • "O Navio Negreiro", de Castro Alves

  • "Lira dos Vinte Anos", de Olavo Bilac

  • "Alguma Poesia", de Carlos Drummond de Andrade

  • "Poemas de Amor", de Vinicius de Moraes

Algumas explicações adicionais

  • Soneto: o soneto é um tipo de poema muito popular, com 14 versos divididos em duas quadras e dois tercetos. As quadras geralmente apresentam um tema, que é desenvolvido nos tercetos.

  • Ode: a ode é um tipo de poema lírico, geralmente de tom elevado e solenemente encomiástico ou laudatório. As odes são frequentemente dedicadas a pessoas ou coisas que o poeta admira.

  • Canção: a canção é um tipo de poema lírico, geralmente de tom suave e amoroso. As canções são frequentemente utilizadas para expressar sentimentos de amor, saudade ou alegria.

  • Romance: o romance é um tipo de poema narrativo, de extensão variável. Os romances geralmente contam histórias de amor, aventuras ou fantasias.

  • Epístola: a epístola é um tipo de poema em forma de carta. As epístolas são frequentemente utilizadas para expressar sentimentos, opiniões ou ideias.

  • Tragédia: a tragédia é um tipo de poema narrativo, de tom elevado e trágico. As tragédias geralmente apresentam personagens que se envolvem em conflitos fatais.

  • Comédia: a comédia é um tipo de poema narrativo, de tom elevado e cômico. As comédias geralmente apresentam personagens que se envolvem em situações engraçadas.

Cada tipo de poema é uma voz distinta no coro da poesia, uma expressão única que ecoa através do tempo e da cultura. Este blog é um convite para apreciar a beleza multifacetada dessa arte, onde cada tipo de poema é uma peça única no grande quebra-cabeça da poesia universal. Embarque conosco nessa jornada poética e descubra as muitas formas pelas quais as palavras podem dançar e emocionar.

23 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page