top of page

[ORTOGRAFIA E ACENTUAÇÃO] Verbos terminados em -am e -ão

A língua portuguesa é uma sinfonia de palavras, e entender a dança das conjugações verbais é essencial para a harmonia da comunicação escrita. Neste artigo, vamos explorar os verbos terminados em -am (terceira pessoa do plural no presente do indicativo) e -ão (terceira pessoa do plural no futuro do indicativo), proporcionando definições claras, exemplos inspiradores de escritores brasileiros renomados e dicas práticas para que você domine essas formas verbais com destreza.


Definição: -am e -ão - Marcando o Ritmo do Presente e do Futuro

Verbos em -am (Terceira Pessoa do Plural no Presente do Indicativo): Refere-se à conjugação dos verbos regulares na terceira pessoa do plural no presente do indicativo.

"Eles caminham juntos pela estrada da vida."

Verbos em -ão (Terceira Pessoa do Plural no Futuro do Indicativo): Indica a conjugação dos verbos na terceira pessoa do plural no futuro do indicativo.

"Eles cantarão canções que tocarão corações."

Exemplos Literários: A Poesia dos Escritores Brasileiros em Ação

"Dom Casmurro" - Machado de Assis: "Os amigos se encontram frequentemente na praça e sempre discutem os acontecimentos do dia."
"Grande Sertão: Veredas" - Guimarães Rosa: "Os vaqueiros não sabiam o que os esperava nas veredas misteriosas do sertão."
"O Alienista" - Machado de Assis: "Saberão, por certo, que o alienista é um homem de grande saber."
"A Hora da Estrela" - Clarice Lispector: "Os dias passarão, e eu ficarei velha."

Dicas para Reconhecer o Uso Correto:

Observação da Pessoa e do Tempo: Ao identificar a pessoa (terceira) e o tempo (presente ou futuro), você estará mais apto a escolher a forma correta.
Atenção à Regra de Conjugação: Verbos terminados em -ar, -er, e -ir seguem padrões específicos de conjugação. Conheça esses padrões para uma aplicação correta.
Reconhecimento de Conjugações Irregulares: Esteja ciente de verbos irregulares, que podem ter formas únicas no presente e no futuro.
Contexto e Coerência Temporal: Considere o contexto temporal da frase. Se descreve algo que ocorre agora, é provável que seja -am. Se projeta algo para o futuro, é provável que seja -ão.

Ao explorar os verbos em -am e -ão, você embarca em uma jornada pela riqueza da conjugação verbal. Através dos exemplos de mestres da literatura brasileira como Machado de Assis e Guimarães Rosa, percebemos a expressividade dessas formas verbais. Com as dicas práticas fornecidas, esperamos que você aprimore sua habilidade de escolher as conjugações corretas, contribuindo para uma escrita clara e envolvente. Que seus textos sejam uma verdadeira dança de palavras, encantando seus leitores com a melodia do presente e as promessas do futuro.

47 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page