top of page

[GRAMÁTICA] Predicativo do sujeito

No vasto campo da gramática, o predicativo do sujeito é como um pincel que adiciona cores e tons às nossas frases, conferindo nuances e detalhes essenciais. Neste artigo, vamos desbravar o universo do predicativo do sujeito, compreendendo sua definição, explorando exemplos de escritores notáveis do Brasil e oferecendo dicas para reconhecer essa construção gramatical.


O predicativo do sujeito é um termo que acompanha e qualifica o sujeito de uma frase, acrescentando informações sobre suas características, estados ou qualidades. Ele funciona em conjunto com verbos de ligação, que estabelecem uma relação entre o sujeito e o predicado, permitindo uma descrição mais rica e detalhada do sujeito em questão.


Exemplos com Citações de Escritores Brasileiros:

Machado de Assis:

  • "Capitu era tão formosa que até a própria dissimulação, com que por vezes disfarçava os sonhos de moça e as cismas de namorada, lhe corava o rosto de um pudor casto, e lhe dava ação e relevo."

Em "Dom Casmurro," Machado de Assis utiliza o predicativo do sujeito "tão formosa" para descrever a personagem Capitu, conferindo-lhe uma beleza excepcional.


Clarice Lispector:

  • "A beleza de Clarisse é perigosa e comunicativa, porque está fora do lugar."

Clarice Lispector, em "A Hora da Estrela," utiliza o predicativo do sujeito "perigosa e comunicativa" para transmitir a natureza singular da beleza da personagem Clarisse.


Carlos Drummond de Andrade:

  • "Os passos que eu dava no sentido da certeza eram cada vez mais obscuros e contraditórios."

Drummond, em "A Máquina do Mundo," utiliza o predicativo do sujeito "cada vez mais obscuros e contraditórios" para expressar a complexidade dos passos dados pelo eu lírico em direção à certeza.


Dicas para Reconhecer o Predicativo do Sujeito

Verbos de Ligação: O predicativo do sujeito geralmente está associado a verbos de ligação, como "ser," "estar," "parecer," entre outros. Esses verbos indicam uma relação de estado, condição ou qualidade do sujeito.


Concordância: O predicativo do sujeito concorda em gênero e número com o sujeito ao qual se refere. É importante observar essa concordância para identificar corretamente essa construção gramatical.


Natureza Descritiva: O predicativo do sujeito tem uma natureza descritiva, acrescentando informações ou características ao sujeito da frase. Ele responde à pergunta "como?" ou "qual?"


Uso de Adjuntos Adnominais: Em muitos casos, adjuntos adnominais (termos que modificam um substantivo) podem ser usados como predicativos do sujeito. Eles complementam e descrevem o sujeito em questão.


O predicativo do sujeito pode ser:

  • Adjetivo

  • Substantivo

  • Pronome

  • Numeral

  • Advérbio

  • Oração subordinada adjetiva

Por exemplo, na frase "A menina é bonita", o predicativo do sujeito é o adjetivo "bonita". Na frase "O livro é o meu", o predicativo do sujeito é o substantivo "meu". Na frase "A criança está feliz", o predicativo do sujeito é o adjetivo "feliz". Na frase "O homem parece rico", o predicativo do sujeito é o advérbio "rico". Na frase "A casa que eu vi é linda", o predicativo do sujeito é a oração subordinada adjetiva "que eu vi".


O predicativo do sujeito pode ser identificado por meio de testes. Um teste comum é o teste de substituição. Se o verbo de ligação for substituído por um pronome pessoal, o predicativo do sujeito também deve ser substituído. Por exemplo, na frase "O homem é alto", o verbo "ser" pode ser substituído pelo pronome "ele". O predicativo do sujeito também deve ser substituído, ficando a frase "O homem ele é alto".


Outro teste comum é o teste de concordância. O verbo de ligação deve concordar com o predicativo do sujeito em gênero e número. Por exemplo, na frase "A menina é bonita", o verbo "ser" concorda com o predicativo do sujeito "bonita", que é feminino singular.


O predicativo do sujeito é uma ferramenta valiosa na construção de frases ricas e expressivas. Ao compreender sua definição, explorar exemplos na obra de escritores brasileiros e seguir dicas práticas para identificá-lo, mergulhamos nas nuances e nas cores que essa construção gramatical adiciona à língua portuguesa. Permita-se explorar essa faceta encantadora da gramática e enriqueça suas próprias expressões linguísticas.

19 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page