1.png

Tipos de Predicado

O predicado, formado por um ou mais verbos, é aquilo que se declara sobre a ação do sujeito, concordando em número e pessoa com ele. Para compreender melhor, observe o exemplo:

Lúcia correu no final da semana passada.

No exemplo acima, temos:

I) Sujeito da ação: para determinar o sujeito devemos fazer a pergunta: Quem correu no final de semana passada? “Lúcia” é o sujeito simples que realiza a ação.


II) Predicado: após identificar o sujeito da ação, todo o restante é o predicado. Trata-se da ação realizada pelo sujeito que, nesse caso, corresponde a “correu a semana passada”.

A) Predicado verbal


O predicado verbal possui um verbo significativo como núcleo. Verbos significativos indicam ações: pensar, gostar, querer, estudar, subir, dar, agradecer, perdoar, chorar,… 

Estes verbos podem ser intransitivos ou transitivos, apresentando objeto direto e objeto indireto como complemento.

 

Exemplos:

Eu comi um brigadeiro.

Eu: sujeito
comi um brigadeiro: predicado verbal
comi: verbo transitivo direto [núcleo do predicado verbal]
um brigadeiro: objeto direto

Exemplos de frases com predicado verbal:


Os professores ensinaram tudo o que sabiam.
Tiago e seus amigos ganharam o jogo de futebol.
Eu quero viajar pela Europa.
Ela deu-lhe as informações necessárias.
Minha avó caiu.

B) Predicado nominal


O predicado nominal é constituído por um verbo de ligação e pelo predicativo do sujeito, possuindo como núcleo um nome que atribui uma característica ao sujeito da oração.

Verbos de ligação são verbos que indicam um estado, ligando uma característica ao sujeito. Não indicam uma ação realizada e não atuam como o núcleo do predicado nominal: estar, parecer, ficar, tornar-se, continuar, andar e permanecer.

Exemplo:
Pedro é feliz.

Pedro: sujeito
é feliz: predicado nominal
é: verbo de ligação

feliz: predicativo do sujeito [núcleo do predicado nominal]

Exemplos de frases com predicado nominal:


Beatriz anda estudiosa.
Rodrigo continua curioso.
O pai está orgulhoso.
Mariana parece ansiosa.

C) Predicado verbo-nominal


Por fim, o último dos tipos de predicado é o verbo-nominal. Nesse caso, há dois núcleos: um verbo significativo indicando uma ação do sujeito e um predicativo do sujeito ou do objeto, indicando uma qualidade do sujeito ou do objeto, respectivamente. 

Exemplo:

A prova deixou a menina apreensiva.

A prova: Sujeito

deixou a menina apreensiva: predicado verbo-nominal

deixou: verbo transitivo direto

a menina: complemento objeto direto

apreensiva: predicativo do objeto

Ou seja, no caso acima temos um verbo significativo “deixar”, mas também temos o termo “apreensiva” caracterizando o objeto direto “a menina”. Dessa forma, “apreensiva” é o predicativo do objeto e essa oração possui um verbo e um nome como núcleos.   

Confira outros exemplos:

O funcionário chegou estressado.
O time terminou o jogo cansado.
A menina chegou atrasada na reunião.