top of page

(GÊNEROS TEXTUAIS) Crônicas

A crônica é um gênero textual muito presente em jornais e revistas. Em geral, os assuntos abordados em textos desse tipo são voltados ao cotidiano das cidades – a crônica pode ser entendida como um retrato verbal particular dos acontecimentos urbanos. Os bons cronistas são aqueles que conseguem perceber, no dia a dia de suas vidas, impressões, ideias ou visões da realidade que não foram percebidas por todos. Embora não seja uma regra, as crônicas costumam tratar de assuntos mais leves e de um modo humorístico.


As características das crônicas

Por tratar de assuntos cotidianos e factuais, a crônica tem “vida curta”. Isso quer dizer que o assunto em pauta hoje não será o mesmo de amanhã, aspecto similar ao jornalismo, já que os dois buscam inspiração nos acontecimentos do dia a dia.


Geralmente, as crônicas apresentam linguagem simples e espontânea, situada entre a linguagem oral e a escrita. Isso contribui para que o leitor se identifique com o cronista, que acaba se tornando o porta voz daquele que lê. Veja quais são as principais características da crônica:

Escrita em textos curtos e de fácil compreensão;
Possui linguagem despojada e simples;
Narra situações do cotidiano;
O uso de poucos personagens (às veze, nenhum);
Caráter crítico sobre comportamentos e situações;
O uso do humor crítico, irônico e sarcástico;
Segue um tempo cronológico determinado.

Tipos de crônicas

Embora seja um texto que faz parte do gênero narrativo (com enredo, foco narrativo, personagens, tempo e espaço), há diversos tipos de crônicas que exploram outros gêneros textuais.


I) Crônica Descritiva

A crônica descritiva é tipificada pela descrição dos elementos na narrativa. Ou seja, é um texto que expõe os detalhes de objetos, lugares, personagens e demais partes.

II) Crônica narrativa

Esse tipo de crônica é marcado pela narração em primeira ou terceira pessoa do singular. Ele costuma conter humor, ação e crítica.

III) Crônica dissertativa

A crônica dissertativa pode ser escrita em primeira ou terceira pessoa do plural. Ela traz à tona o ponto de vista do autor sobre o assunto em foco.

IV) Crônica humorística

Humor, ironia e sarcasmo são os componentes da crônica humorística. Diferentes abordagens e estratégias podem ser adotadas nesse tipo de texto para tratar dos temas que impactam a sociedade de forma cômica.

V) Crônica lírica

No gênero lírico, a expressão de emoções é predominante. A crônica lírica, portanto, evidencia o sentimentalismo.

VI) Crônica poética

A crônica poética utiliza versos poéticos em sua composição. Dessa forma, além de traços de poesia, também contém sentimentos e emoções.

VII) Crônica narrativo-descritiva

Esse tipo de crônica combina a narrativa e a descritiva.

VIII) Crônica jornalística

A crônica jornalística tem um viés do texto jornalístico no que diz respeito à veiculação de notícias e fatos. Dessa forma, busca abordar acontecimentos atuais, do mesmo dia ou semana, por exemplo.

IX) Crônica histórica

Ao contrário da crônica jornalística, que destaca eventos recentes, a crônica histórica relembra episódios passados.

X) Crônica-ensaio

Diferente das demais crônicas, esta é difícil de prever pelo nome. A crônica-ensaio tece críticas ao que acontece nas relações sociais e de poder.

XI) Crônica filosófica

Por fim, a crônica filosófica que carrega uma reflexão sobre determinado assunto.

Fonte:

https://www.todamateria.com.br/cronica/

https://www.portugues.com.br/literatura/a-cronica-.html

https://ead.pucpr.br/blog/o-que-e-cronica#:~:text=A%20cr%C3%B4nica%20jornal%C3%ADstica%20tem%20um,dia%20ou%20semana%2C%20por%20exemplo.

https://www.pravaler.com.br/o-que-e-cronica-e-suas-caracteristicas/

4 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
bottom of page